Minha experiência e resultados com a Dieta Whole 30

Enfim, esse dia chegou! Preciso confessar que um mês nunca demorou tanto a passar como esse Março. Ohhh dietinha sofrida! Haha Mas vamos falar sério, essa com certeza foi a prática mais difícil em que já me desafiei.

No Carnaval desse ano, eu aproveitei sem medidas e senti os reflexos no meu corpo, voltei a pesar o que já não pesava há algum tempo. Foi aí que passeando pela timeline do instagram, encontrei o ig @whole30.brasil e resolvi encarar a “brincadeira”

O QUE É A WHOLE 30 NA PRÁTICA?

A Whole 30 consiste numa dieta alimentar restritiva, preferencialmente associada a boa prática de exercícios regulares, que propõe o começo de uma mudança de vida neste período. São 30 dias sem consumir grãos, farinhas, lactose e açúcar. Além disso, ela não aconselha algumas frutas, legumes, sementes e gorduras. Basicamente, me alimentei de carnes – de todos os tipos, verduras, frutas, aipim, batata doce e batata inglesa. (A lista completa dos alimentos que você pode consumir durante a dieta você encontra aqui).

QUAL FOI A MINHA EXPERIÊNCIA COM A DIETA WHOLE 30?

A primeira pergunta que todo mundo me faz é: “Você passou fome?” E a resposta é NÃO. Eu não passei fome de forma alguma, me alimentei muito bem e ficava saciada após cada refeição. O que eu senti – e muito – foi vontade. E isso é tão ou quase pior que a fome, porque nos confunde. Eu passei muita vontade de comer coisas simples, como até um pãozinho integral com queijo, mas também senti muita vontade de um doce. O bacana é que a gente passa a valorizar os alimentos. Eu nunca quis tanto um arroz integral, um chocolate amargo, um queijo cottage que fosse… a pior parte pra mim foi ficar sem queijo!

O que me ajudou muito foi ter o incentivo da minha mãe, que ajudou muito na hora de cozinhar em casa, os pratos que recebi da Bendita Dieta, eles foram feitos especialmente com o que eu podia comer – cardápio personalizado top e muito delicioso, e claro, a parceria do meu namorado que pegou junto e teve um resultado incrível também – quem quiser conferir é só acessar o blog dele (www.colecionadordecorridas.com.br). Ter parceria pra “aguentar firme” é essencial!

COMO FOI A ROTINA DE EXERCÍCIOS NESSE PERÍODO?

Eu sou muito preguiçosa e preciso confessar, não rolou nada de exercício regular por aqui. Dos 30 dias, se eu me exercitei 12, foi muito, e olha que eu tenho quase certeza que não foi isso tudo. Corri um dia e nos outros fui pra academia, sempre me enganando e fugindo quando podia – Acho até que meu próximo desafio pode ser de 30 dias de academia sem falhar, quem sabe ajude! Hehe Também me perguntaram se meus resultados não foram incentivados pelos procedimentos estéticos que faço para celulite e gordura, como ultrassom e massagens, mas gente… claro que ajuda, só que eu juro, durante os 30 dias, só fui a clínica duas vezes. Ou seja, nem conta, né?

E O RESULTADO DESSES 30 DIAS, QUAL FOI?

Uma pessoa feliz, sentindo-se confiante e determinada por ter conseguido finalizar. Ah, e 5,2kg mais magra! Isso foi o que a balança mostrou. Mas o resultado em fotos e nas roupas, é ainda mais motivador. Olha só:

Resultado whole30

Registros no 1º e 31º dia de Whole 30

Emagrecimento whole30

Fotos nos dias 1, 15 e 31 de Whole 30

Eu simplesmente vi uma diferença gigante na minha barriga, que deu uma boa secada. Longe do ideal, óbvio, mas já é um super incentivo pra continuar. E a pergunta de todo mundo é? E agora? Vai continuar? Vou continuar mantendo uma vida saúdavel, incluindo alimentos mais orgânicos e integrais, mas sem sofrer nem fazer quaisquer restrições drásticas como as que fiz. Estou mais consciente e muuuuuito motivada com meus resultados, então para manter, vou continuar caprichando na reeducação alimentar e fazendo os dias do lixo para ser ainda mais feliz, né?

E aí, o que acharam? Valeu a pena o meu esforço?
Se quiserem entender melhor esse movimento #Whole30 é só acessar o site www.whole30br.com, lá tem tudo que vocês precisam saber.
Beijos!