Girbolss, a “It série” do Netflix

Para os apaixonados por moda e por uma boa série, Girlboss chegou causando burburinho na internet. A história de uma menina que reinventa roupas vintage e as revende na internet ganhou fácil os sites e ansiosos por aí. O tal enredo foi contado através de uma série originalmente produzida pelo nosso queridinho Netflix com 13 episódios lançados de uma só vez, em abril deste ano.

Sophia é uma garota “revoltada” que pula de emprego em emprego e quer ser livre. Ela vive a vida como acha que deve ser e, assim, não se encaixa nas regras do mundo trabalhista. Cansada de frustrações pessoais, ela decide abrir uma loja no E-bay (plataforma no estilo do nosso Mercado Livre) e começa a garimpar peças usadas, customizá-las e depois revendê-las. No meio dessa empreitada, muitas aventuras, romances e confusões aparecem para florear a história, mas a mensagem principal é a de uma menina que com muita determinação – e um jeito todo dela (questionável, risos!) chega onde quer chegar. A comédia romântica é divertidíssima e vale a pena, não vou contar tudo por aqui para não estragar a história, né?

girlboss

Sophia Amoruso virou uma grande empresária detentora da marca Nasty Gal que começou online e ganhou sua primeira loja física em Los Angeles faturando em torno de US$ 300 milhões em vendas, segundo a Forbes, e atraindo diversos olhares do mundo. A empresa abriu falência em 2016 e mesmo assim, a história da empresária virou case de inspiração.

A jovem é autora da biografia best-seller também intitulada Girlboss – que deu origem a série – e ainda criou a Girlboss Foundation, que auxilia mulheres do mundo inteiro a inovarem em suas criações.

Girlboss
Foto cedida: O Blog Clic

A série não é cansativa, são apenas 13 episódios de meia horinha cada. Todos eles estão disponíveis no Netflix de forma bem fácil, ou seja, dá pra assistir num fim de semana! Hehe Como entusiasta do assunto “moda”, a série curta e divertida me conquistou de primeira! Adorei, principalmente, o espírito incansável de lutar pelo o que quer da sonhadora Sophia. Eu adoro trabalhar o otimismo, então ao final senti aquela boa dose de encorajamento, sabe? Acho que todas nós temos que assumir uma Girlboss dentro da gente!

E aí, mais alguém já assistiu? O que acharam?
Me contem, quero opiniões!
Super beijo!